Ínicio » Em Movimento » Se vai comprar um automóvel usado, use este check-list!

Exterior
Pintura uniforme e sem riscos, mossas, amolgadelas, ou sinais de ferrugem.
Faróis com fissuras ou picados por gravilha.
Abertura e fecho do capot, portas e vidros.
Funcionamento e alinhamento das luzes (mínimos, médios e máximos).

Pneus
Dimensões de acordo com o documento da viatura.
Validade não deve exceder os 5 anos (ver data de fabrico no flanco lateral do pneu).
Desgaste uniforme por todo o piso (a profundidade do piso deve ser superior a 1,6 mm).

Motor
Nível do óleo, cor e viscosidade (ajuda a perceber o estado do motor).
Nível do líquido de refrigeração do motor (verifique se há sinais de sujidade ou deterioração do depósito).
Aspeto da bateria e a sua data de validade (verifique se o motor arranca facilmente).
Sinais de reparações (marcas de chaves, zonas limpas com lixa ou maquinadas, silicones e massas de vedação recentes).
Veja se há sinais de fugas de óleo, de anticongelante, ou de combustível.

Interior
Verifique se os estofos não estão danificados, rasgados ou sujos.
Regulação dos bancos (veja se deslizam bem nas calhas e prendem nas diversas posições).
Cintos de segurança (verifique o enrolamento e a retenção).
Funcionamento dos botões e interruptores, incluindo os de fecho das portas e vidros.
Regulação dos espelhos retrovisores.
Ligue o carro e verifique se existe alguma luz de aviso no painel de instrumentos, de avaria ou de aviso de revisão próxima ou que já devia ter ocorrido.

Em estrada
Coloque o motor em funcionamento e veja se pega bem e se não há ruídos estranhos.
Teste a força sobre o pedal da embraiagem (não deve ser exagerada).
Confirme que no arranque não há vibrações anormais.
Teste a direção para detetar eventuais folgas, desalinhamento e vibrações.
Teste a travagem para verificar a capacidade de travagem, eventuais desequilíbrio entre rodas, vibração no pedal e ruídos anormais.
Experimente a transmissão em todas as velocidades e verifique se não existem ruídos anómalos.

Equipamento
Apure se estão no veículo os equipamentos de segurança obrigatórios: pneu sobresselente, macaco, triângulo de emergência, kit de ferramentas, colete refletor e se os mesmos estão em boas condições e dentro das normas, bem como o conjunto completo de chaves (pelo menos duas) e comandos.

Documentos
Documento Único de Circulação, ou Registo de Propriedade e Livrete.
Averigue se o nome do vendedor é o que consta dos documentos da viatura, ou se o mesmo possui declaração de venda, assinado pelo legitimo proprietário.
Verifique se o número de chassis do documento, é igual ao gravado na própria carroçaria e se o número de motor é coincidente.
Confirme se não existe uma reserva no registo de propriedade a favor de entidade de crédito, uma vez que para remover a reserva vai ter um custo adicional.
Veja o livro de revisões da viatura (a falta deste pode indicar que a manutenção poderá não ter sido a adequada).
Códigos da viatura (segurança, antirroubo, chave e rádio).
Livros de instruções.
Certificado de inspeção (caso seja aplicável) e respetivo selo.
Selo do imposto de circulação pago.