Ínicio » Passear » Pelo mundo a bordo do comboio

O comboio pode ser uma forma poupada de viajar pelo país. Mas, se orçamento não for um problema, também de correr mundo entre luxos. Saiba quais os troços imperdíveis.

Moscovo – Vladivostok
Rússia

Se há linha que povoa o imaginário é a do grande Transiberiano que une Moscovo a Vladivostok, numa viagem que percorre nada mais nada menos que 9288 quilómetros. Há pacotes de agências, mas também é possível organizar a incursão de forma autónoma. Os preços arrancam nos 200€.

Cusco – Machu Picchu
Peru

No caminho dos Incas, a proposta é para conhecer a mítica cidade depois de uma viagem única de comboio. Com partida da estação de Ollantaytambo, há saídas diárias desde cerca 50€/trajeto.

Grand Canyon
EUA

Uma forma diferente de cruzar o deserto do Arizona, EUA, e de observar o Grand Canyon. Há viagens para todos os gostos e carteiras. A mais acessível, comercializada a partir de €185, inclui serviço de refeição e música a bordo.

St. Moritz – Zermatt
Suíça

No Inverno, com as montanhas pintadas a branco; no Verão, todo o verde que a vista consegue alcançar. O Glacier Express, Suíça, conduz os viajantes pelos Alpes em cerca de oito horas, passando por 91 túneis e mais de 290 pontes. Os bilhetes custam desde €11/trajeto.

Bento Gonçalves – Carlos Barbosa
Brasil

Uma animada viagem de duas horas, com paragem em Garibaldi, a bordo da “Maria Fumaça”, um antigo comboio a vapor que, ao longo de 23 quilómetros, se transforma numa festa, com grupos folclóricos e degustações vínicas e gastronómicas.