Ínicio » De Corpo e Alma » Excesso de fruta engorda?

Qualquer excesso calórico, independentemente da sua fonte, irá fazê-lo engordar.
De há uns tempos para cá, o consumo de fruta passou a ser visto como negativo, porque a fruta é constituída principalmente por hidratos de carbono, sendo um deles a frutose.
A fruta, além da frutose, também é constituída por glicose e sacarose. Isso quer dizer que, não é por ser fruta que terá apenas frutose na sua composição.
A banana, por exemplo, tem muito mais glicose e sacarose do que frutose, assim como o melão, que é constituído principalmente de sacarose.
Outro facto importante é que a frutose da fruta é diferente do xarope de frutose, utilizado principalmente em produtos industrializados.
O xarope de frutose é uma solução concentrada de açúcar, muito relacionado à obesidade e diabetes tipo 2.
A frutose natural é um nutriente importante para formação de energia e restauração de glicogênio.
Ao limitarmos a ingestão de fruta, também estamos a limitar a ingestão de fibras, vitaminas e minerais presentes na mesma. Caso não haja uma compensação alimentar, o défice gerado atrapalha processos importantes no organismo, como a metabolização de hidratos de carbono, formação de energia, formação de hemácias, entre outros.
A ingestão recomendada de fruta por dia é de 2 a 3 porções, sempre variando o tipo de fruta consumida, assim como os horários de ingestão durante o dia, para melhor aporte e metabolização ao longo das 24 horas. Algumas pessoas demonstram desconforto gastrointestinal ao consumir fruta antes do treino, portanto ingeri noutros outros horários, como ao pequeno-almoço, após o almoço ou como lanche, pode ser mais recomendado.
boomertrainingym@gmail.com

Artigos Similares