Ínicio » Em Movimento » Mobilidade Sustentável. Moda ou Ideologia?

 

Sustentabilidade é uma das palavras que está na moda, e é muitas vezes usada quando se fala de mobilidade. Mas o que será que quer dizer?

De uma forma simples, sustentabilidade pode ser definida como a capacidade de o ser humano interagir com o planeta, preservando o meio ambiente para não comprometer os recursos naturais das gerações futuras. Como é difícil avaliar os limites do planeta, é importante que o ser humano tenha consciência de que existem limites, sendo desejável que cada um contribua ativamente na proteção do ambiente.
No que respeita à mobilidade, passando das definições à prática, cada um pode e deve escolher qual ou quais os meios de transporte mais adequados às suas necessidades e interesses, não esquecendo o respetivo impacte ambiental. Se por vezes não é fácil encontrar boas soluções, em muitas outras não se adotam melhores, porque não estamos dispostos a alterar os padrões de comodidade aos quais nos fomos fidelizando. Isso constata-se, por exemplo, nas opções de compra de uma viatura, em que os fatores relacionados com ecologia ficam para o final da lista dos critérios de escolha, o que leva muitas vezes à compra de automóveis com características pouco ajustadas às necessidades reais dos seus utilizadores.

Atualmente, na Europa, a taxa de ocupação média dos automóveis é inferior a dois passageiros, o que contribui significativamente para o congestionamento à entrada e saída das grandes cidades, problema que acarreta não só custos financeiros elevados para a sociedade mas também para o meio ambiente, através da emissão de gases de escape dos veículos.

Segundo previsões da ONU, o parque automóvel tem tendência para aumentar, bem como a densidade populacional nos grandes centros urbanos, cenário que deixa antever ainda maiores desafios no futuro.
Os fabricantes de automóveis têm e terão um papel fundamental neste capítulo, contribuindo com o desenvolvimento de veículos mais eficientes e até autónomos (nas próximas décadas), que exigirão cidades com infraestruturas mais desenvolvidas, compatíveis com estes veículos do futuro.

A mobilidade sustentável exige certamente tecnologia, políticas e estratégias, mas acima de tudo o empenho de todos.

Por: Luis Miranda Torres.

Artigos Similares